NOTÍCIAS

Quiosque oferece fotocópias a estudantes

Quiosque oferece fotocópias a estudantes

Eugénia Santo e o marido Sérgio Carvalho são os donos do Quiosque da Praça 8 de maio, na Figueira da Foz. Sempre atentos a quem os rodeia e prontos a ajudar da melhor forma que podem, durante a primeira vaga da pandemia, os agentes ofereceram fotocópias a todos os estudantes que necessitavam, desde os que estão na escola primária até aos universitários.

“Em Portugal as dificuldades ainda são bastantes e sabendo que quase ninguém tem fotocopiadora em casa (algo que quase todos têm nos outros países), foi espontânea e direta a minha decisão de ajuda gratuita”, começa por revelar a empresária.


Passados alguns meses, Eugénia Santo faz um balanço positivo desta iniciativa e assegura que “o feedback por parte dos clientes, tanto dos alunos como dos seus pais, foi muito bom e gratificante moralmente. Oferecemos mais de 3 mil fotocópias para universitários. Por vezes, eram livros inteiros, pois sem as livrarias e fotocopiadoras que as Universidades colocam à disposição dos alunos, muitos tiveram de recorrer a nós”.

Esta noção das diferentes realidades que existem nos outros países está relacionada com o facto de terem morado no “Luxemburgo até agosto de 2018. Só eu é que emigrei para lá já com 30 anos. O meu marido e os nossos dois filhos nasceram e sempre viveram lá. O meu marido largou um posto de chefe na fábrica de pneus Goodyer, onde já trabalhava há 24 anos, por causa de não me ter adaptado ao país. Foi uma grande prova de amor e coragem da parte dele e dos meus filhos, que deixaram tudo para trás só para me trazerem de volta à minha terra, ao meu país”, conta a agente visivelmente agradecida pela família que tem.

Dois meses depois de terem regressado a Portugal, adquiriram “a empresa que detinha este quiosque há 137 anos”, que agora, além das publicações e do tabaco também disponibiliza “cafés e bebidas, bem como uma excelente esplanada, que veio alegrar em muito esta praça da Baixa, da Figueira da Foz”.

Na iminência de as aulas voltarem a realizar-se online, devido a esta nova fase de confinamento, houve de imediato pedidos para que o Quiosque da Praça 8 de maio oferecesse novamente fotocópias gratuitas aos estudantes da zona.


“Uma cliente enviou-me uma mensagem a perguntar se iriamos oferecer, uma vez mais, as fotocópias, ao qual respondi que infelizmente não podia, pois não tenho o poder económico que tinha em março de 2020. Partilhei essa minha tristeza na nossa página de facebook (https://www.facebook.com/QPr8M) e uma onda de ajuda criou-se de imediato, algo que me deixou sem palavras e estupefacta. Com esta ajuda, vinda de toda a população vamos sem dúvida realizar novamente esta boa ação”, assegura Eugénia Santo.


Esta não é a primeira, e certamente não será a última vez, que os empresários mostram o seu espírito solidário para com os clientes e algumas pessoas mais necessitadas. “Temos o hábito de realizar algumas iniciativas ao longo dos anos, como por exemplo, no Natal fazemos sempre uma mesa convívio, com bolo rei e outros produtos, para os clientes. Também fazemos recolha de alimentos e bens para famílias carenciadas (a última que realizámos foi no mês passado) e assim continuaremos a realizar estas ajudas, sempre que estiver ao nosso alcance”.

Arquivo